Osteopatia, medicina sem medicamento e cirurgia

A osteopatia é uma disciplina terapêutica ainda pouco conhecida por muitas pessoas, mas este tipo de medicina tradicional é fantástica no tratamento de várias doenças bem como na sua prevenção. A técnica terapêutica manual aplicada através de um osteopata ajuda a reequilibrar o organismo, sem medicamentos ou cirurgia.

osteopatia

A OSTEOPATIA

Esta disciplina terapêutica é uma ciência tradicional que se preocupa com o organismo humano e seus movimentos, ajudando sempre a anular restrições que impeçam os ossos, músculos e órgãos de trabalhar na perfeição. A osteopatia considera o corpo humano como um todo, onde tudo se relaciona e interfere com outros sistemas, como por exemplo, o sistema de articulações através do sistema neurológico pode influenciar o funcionamento dos órgão internos.

TIPOS DE OSTEOPATIA

O osteopata pode aplicar vários tipos de técnicas, que estão ligadas aos diferentes sistemas do organismo humano. Desta forma a osteopatia assenta em 3 técnicas que são:

. A técnica osteoesquelética

Consiste na manipulação e massagem especializada, na parte dos ossos, tendões, músculos e articulações.

. Osteopatia sacrocraniana

Esta técnica trabalha nos problemas e prevenção da coluna vertebral, trabalhando os ossos que vão do crânio até ao sacro (fim da coluna).

. Osteopatia visceral

Os órgãos internos tem uma mobilidade inata, é isso mesmo que esta terapia medicinal vai trabalhar com esta técnica. Os órgãos logicamente não são manipulados, mas sim libertar tudo ao redor dos mesmos que o passam estar a atrapalhar o seu movimento natural e saudável.

CONSULTA DE OSTEOPATIA

Na primeira consulta que pode durar até 1 hora e meia o osteopata faz uma analise completa do estado do paciente, o especialista vai querer saber o que o trouxe á consulta, todo o historial clínico e se tiver exames complementares melhor ainda. Depois no decorrer do tratamento as consultas são espaçadas em cerca de 10 dias, para que o corpo tenha tempo de se regenerar sendo este um dos pontos principais da osteopatia.

PRINCIPAIS TRATAMENTOS A OSTEOPATIA PODE AJUDAR

. Lombalgias

. Dor ciática

. Problema com ombro ou braço

. Dores na cervical

. Equilíbrio do sistema nervoso

. Distúrbios de sono

. Problemas gástricos

OSTEOPATIA AJUDA NA GRAVIDEZ

Esta terapêutica tradicional pode ajudar a mulher grávida, oferecendo resultados muito satisfatórios em pequenos problemas tais como:

. Ciatologia (dor ciática)

. Pernas pesadas

. Dores nas articulações temporomandibulares

Na fase da gravidez a osteopatia ajuda na libertação e descontracção da musculatura da zona pélvica, ajudando a mulher quando entrar em trabalho de parto e evitando a depressão pós-parto.

CONTRA-INDICAÇÕES DA OSTEOPATIA

. Pessoas que sofreram AVC, não podem fazer osteopatia sacrocraniana;

. Pacientes que sofram de osteoporose, não podem usar a técnica estrutural de tratamento;

. A pessoas com epilepsia, não deve ser realizado tratamento com a técnica sacrocraniana;

TRATAMENTO DE DOENÇAS MAIS GRAVES

A osteopatia não tem segredos, é um método terapêutico fantástico mas não trata doenças mais complicadas, tais como a artrite reumatóide, espondilite anquilosante e doenças reumáticas. No entanto oferece melhor qualidade de vida a quem tem estes problemas, ajudando a aliviar a dor.

OSTEOPATIA APLICADA EM CRIANÇAS

Nos países mais desenvolvidos o bebé é logo acompanhado para além do médico obstetra tambem por um osteopata, isto porque após o parto os ossos da criança poderá ter sofrido compressão. Desta forma para evitar problemas futuros a prática de osteopatia sacrocraniana, vai ajudar a realinhar a coluna vertebral da criança, ajudando a prevenindo mais tarde:

. Uso sapatos ortopédicos;

. Correção ocular;

. Problemas temporomandibulares;

Desta forma quanto mais cedo se começar com esta disciplina terapêutica melhor serão os resultados.

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *