Mundo

Sardinhas| benefícios, conservação e confecionar

A sardinha é um prato tipicamente português, assim que começa o calor ela está á mesa de muitas famílias, especialmente nas festas dos Santos Populares, onde o preço por cada sardinha assada pode chegar aos 2 euros. Este peixe muito saboroso tem muitos benefícios para a saúde, mas para isso é fundamental saber conservar e confecionar as sardinhas.

1

FRESCURA DA SARDINHA

Sem duvida que o nosso mar é rico em sardinha, mas é importante ver a qualidade e frescura do peixe para não se “enganado”. De uma forma geral, as características mais importante que deve verificar são:

. Pele brilhante;

. Guelras bem vermelhas;

. Olhos salientes e transparentes;

. Ter o cheiro típico do mar.

BENEFÍCIOS

A sardinha pode-se considerar um peixe barato, os valores nas peixarias normalmente situam-se em valores que oscilam entre 2 a 7 euros por quilo. Os benefícios do peixe  neste caso da sardinha podem ser acessível praticamente a toda a população, é rica em ómega 3, protegendo as artérias e o coração. 

CONSERVAÇÃO

Este ponto é muito importante, a sardinha altera-se muito rapidamente daí a conservação ser fundamental. Quando faz a compra deve transportar as sardinhas, em sacos térmicos e preferencialmente consumir no próprio dia. No congelador quanto mais tempo estiverem no gelo menos frescas são, mas é a única forma para as conservar durante alguns dias, se for para consumir por exemplo no dia a seguir á compra, deverá guardá-las na parte mais fria do frigorífico.

CONFECIONAR AS SARDINHAS

Aqui ninguém tem duvidas que a sardinha assada é rainha na mesa, acompanhada tradicionalmente com os pimentos tambem assados. Se o peixe estiver congelado pode colocar assim no lume, não precisa de as descongelar, para terminar só resta mesmo desejar um bom apetite.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.