FUTEBOL| efeitos secundários na saúde

O futebol é o desporto mais conhecido no mundo, onde duas equipas cada uma com 11 jogadores se defrontam. Este jogo tem como objetivo colocar a bola dentro da baliza adversária, marcando assim o golo. Os jogadores de futebol sofrem efeitos secundários na saúde enquanto praticam a modalidade, em especial quando se marca um golo.

EFEITOS SECUNDARIOS QUANDO SE MARCA UM GOLO

Olhos» Os olhos quando se marca golo são como balões, os músculos oculares estendem até ao limite. Quando a bola bate na rede da baliza, devido á alegria e ao estado de euforia, as pupilas sofrem uma dilatação intensa.

O fôlego» Ao festejar o golo correu que nem um desalmado, ficou cansado é uma situação normal em especial se o jogo já decorre á algum tempo. Os batimentos cardíacos aceleram, provocando uma ausência de oxigénio nos músculos, tambem as células nervosas dos pulmões, responsáveis por controlar o oxigénio no sangue, detetam que é necessário enviar mais “energia” aos músculos das pernas e assim aumenta o ritmo da respiração. A partir de agora já sabe que na próxima vez que festejar a marcação de um golo, inspire e expire a partir do estômago e não do peito, assim vai ajudar o seu organismo a baixar a tensão até ao fim do jogo.

Felicidade cerebral» Assim que marca um golo, o seu cérebro produz uma substância química chamada anandamina, esta gordura vai ativar os receptores do cérebro, que ao se interagirem com os receptores CB1 do cérebro, libertam endorfinas, que são as hormonas que ativam sensações como a dor e felicidade. Esta é a principal razão por que liberta euforia e felicidade, quando se marca um golo.

Bola e a sua proteção» Á medida que o tempo de jogo vai passando, o jogador masculino começa a produzir testosterona, que se vai distribuindo por todo o organismo. Fixa-se mais nos receptores andrógenos e vai ativar as zonas celebrais responsáveis por controlar a agressividade, especialmente se o jogo for em casa o instinto territorial, vai aumentar segundo um estudo cientifico em 40%.

O coração» Quando marca golo as pulsações disparam, o ventrículo esquerdo bombeia 4 vezes mais que o ritmo normal. No caso de pessoas com problemas cardíacos, este momento de alegria pode se revelar fatal, pois os níveis da tensão arterial podem cair, e segundo estudos efetuados pode cerca de 25% dos casos sofre um enfarte. No caso da equipa perder o jogo, as possibilidades de casos de enfarte sobem ainda mais.

As pernas» Durante o decorrer do jogo, o atleta dá o máximo joga a 110%, em dados momentos vai sentir o acumular do ácido láctico que diminui as capacidades musculares. Nos momentos de pequenas paragens do jogo, para aliviar a tensão e aumentar o fluxo de sangue de alguns saltos levando os joelhos ao peito. Já no final faça gelo e se possível uma massagem de recuperação.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *